O INFERNO ASTRAL DE JOÃO DÓRIA

O governador João Doria tem vivido os piores momentos de sua curta carreira política – neste ultimo mês ele sofreu derrotas e recebeu muitas notícias ruins. Chegamos ao ponto de, nesta sexta-feira, o seu hoje rival Bolsonaro ter recebido e distribuído verbas a prefeitos e deputados na Baixada Santista, fazendo questão de não convidá-lo. E, como se não bastasse, acusou-o num pronunciamento na Internet de se meter indevidamente em área do governo federal, ou seja, numa eventual privatização do Porto de Santos.

A verdade é que Bolsonaro sentiu o enfraquecimento politico de Doria e decidiu tirar uma “casquinha”. Nesta semana, numa pesquisa realizada pelo Datafolha, Doria – um eterno candidato a presidente – obteve apenas um 7% de confiança dos brasileiros, numa escala dominada por Moro e Lula, com 33% e 30% respectivamente. Bolsonaro e Hulk estão razoavelmente bem pontuados. Além disso Doria é um dos campeões de baixa confiança: 70%de gente que não confia nele.

No final do ano passado, Doria sofreu a maior derrota de seu mandato na Assembleia Legislativa, quando foi obrigado a adiar a votação de sua proposta Reforma da Previdência, sob o risco de não conseguir os votos necessários para aprovar a sua “maldade” contra o funcionalismo. Vai tentar aprová-la neste ano, não por razões financeiras ( a economia anual será pequena), mas para mostrar ao poder econômico e ao campo politico da direita que ele pode reformar a Previdência com um viés neoliberal mais duro que o próprio Bolsonaro. Parece que não vai dar certo. Tomara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

o-inferno-astral-de-joo-dria-deputado-jos-amrico
%d blogueiros gostam disto: